Por Dentro do Hélice: conheça a Incubadora de Talentos, o programa de imersão do instituto

24 DE NOVEMBRO DE 2021

 

Você sabia que estagiários ou trainees das empresas associadas ao Hélice podem fazer parte da rotina do instituto em um programa que reúne muito aprendizado, imersão e troca de conhecimentos? É a Incubadora de Talentos do Hélice.

O projeto nasceu em março deste ano com o objetivo de preparar talentos para as empresas associadas por meio de uma imersão no ecossistema de inovação e em inovação aberta.

A principal ideia da Incubadora de Talentos é que o participante saia do Hélice com a prática em alguma área de atuação do instituto, como a conexão com startups,  comunicação com o ecossistema ou o relacionamento com o associado, por exemplo. Isso se dá por meio de um projeto específico que o profissional desenvolve durante os seis meses que fica no Hélice.

Funcionamento do programa

A parceria é aberta a todas as empresas associadas e prioriza áreas que desejam ter maior contato com a inovação. A ideia é que o aprendizado adquirido durante o desenvolvimento do projeto seja válido para a empresa quando este profissional retornar, aliando conhecimento e prática.

Benefícios

Entre os principais benefícios está a oportunidade ímpar de desenvolver um profissional em inovação de forma rápida e imersiva. Já para o instituto, o programa abre a possibilidade de desenvolver projetos específicos que aceleram e melhoram a atuação do Hélice no ecossistema e aproximam a empresa associada dos processos diários.

 

Confira alguns depoimentos de quem já participa da Incubadora de Talentos:

Cassio Calgaro da Silva, trainee da Soprano

“A experiência está sendo fantástica, é uma oportunidade ímpar poder ‘mergulhar’ em um ecossistema de inovação, adquirir novos conhecimentos, transformar meu mindset e poder desenvolver conexões com outros grandes players e startups do mercado que fazem parte do instituto. A rede de contatos, informação e experiências que o Hélice proporciona é muito rica, e eu pretendo usufruir da melhor maneira possível. Ter alguém da empresa inserida no Hélice é um grande benefício por poder absorver e compartilhar uma cultura de inovação na organização, afim de promover criatividade, apoiar a geração de ideias, buscar mudar a forma de fazer negócios, valorizar os colaboradores, otimizar recursos e melhorar resultados.

Atualmente, Cassio desenvolve um projeto de Customer Success junto com a equipe do Hélice. O objetivo desse projeto é fazer com que os associados tenham uma jornada de sucesso na sua trajetória dentro do instituto, incluindo comunicação, desenvolvimento cultural e solução de problemas através de startups.

João Bianchi, estagiário e integrante do Comitê de Inovação da Sicredi Pioneira

“Estou gostando muito, tem sido uma fase muito boa. Primeiro, a forma de trabalho. É um projeto que te dá muita autonomia. Como nós trabalhamos por projetos, lógico, tem que ter a entrega, mas ficamos muito mais à vontade para trabalhar. O segundo ponto é que, desde que eu comecei, fortaleci muito a minha rede de networking. Conheci muita gente nova, gente boa, que eu não poderia conhecer se não fosse pelo projeto.”

No Hélice, João é Startup Hunter, função que busca aprimorar e digitalizar o processo de busca por startups, melhorando a conexão delas com o Instituto.